Sangue nas fezes do bebê: como identificar e o que fazer?

Ao ver sangue nas fezes do bebê, é normal que os responsáveis pela criança se assustem e fiquem em dúvidas sobre o que fazer em seguida. Porém, fique tranquila! Existem diversos motivos para que isso aconteça e normalmente não são situações graves. Ainda assim, esse temor é ainda bem comum, principalmente se estivermos falando de pais de primeira viagem, onde tudo é uma novidade.

Nesse post iremos abordar o que pode causar esses sangramentos, como identificar que houve uma mudança desse tipo nas fezes (nem sempre é apenas uma mancha vermelha) e, também, qual o momento em que é necessário procurar um médico – o que acontecerá na menor parte das vezes.

A Dipano se preocupa com a saúde do seu bebê e, também, em ajudar os novos papais a ter uma paternidade ainda mais tranquila. Continue com a gente e entenda o que precisa sobre esse tema, para poder prestar atenção nos fatores que podem causar sangue nas fezes e saber como agir.

Qual o motivo de ter sangue nas fezes do bebê?

Imagem de um bebê sendo consultado pela pediatra

As causas que levam a isso são variadas, podem estar ligadas tanto à alimentação quanto à alergias ou aplicação de vacina. É claro que, ao se deparar com um sangramento na fralda de seu filho, você ficará assustado, mas grande parte das vezes não é algo a se preocupar e indica apenas uma pequena mudança no funcionamento daquele organismo.

Como queremos sempre proteger nossos pequenos, saiba o que pode levar a perceber a presença de sangue nas fezes:

1. Prisão de ventre

Quando a criança apresenta dificuldades para evacuar por dois dias ou mais, é normal que ao conseguir acabe apresentando um pouco de sangramento. O mais comum é que essa prisão de ventre aconteça no momento em que começa introduzir uma alimentação mais sólida na rotina de seu bebê, fazendo com que as fezes se solidifiquem e possam fazer pequenas fissuras no reto e no ânus.

2. Assaduras

Causadas principalmente por fatores ligados à higiene e alimentação, as assaduras podem ser uma causa da presença de sangue nas fezes. Essa dermatite faz pequenos machucados na pele do bumbum na maioria das vezes, por isso que, quando as fezes são evacuadas, podem acabar piorando essas feridas e fazendo-as sangrar.

Temos em nosso blog um material completo sobre como tratar as assaduras de bebê, vale a pena dar uma olhada caso seja esse o fator que causa o sangramento.

3. Alergia alimentar

Esse tipo de sangramento também pode ser indicativo de uma alergia à proteína do leite de vaca. Ainda que seu pequeno não tome diretamente esse alimento, as partículas são passadas por meio da alimentação materna. Essa reação faz com que o estômago inflame e, por isso, acabe sangrando um pouco.

4. Efeito colateral de vacina

Um dos efeitos contrários da vacina do Rotavírus, que previne contra a gastroenterite, é a possível presença de sangue no cocô de seu bebê. Isso acontece até 40 dias após a aplicação e é normal que se apresente em níveis controlados de sangramento.

5. Diarreia

Essa deve ser a maior preocupação dentro dessa lista de possíveis motivos para o sangramento nas fezes. A diarreia com essa alteração pode ser causada por infecções intestinais, que ferem os tecidos internos do sistema digestivo, e que pode levar a uma perda alta de sangue. Ela se apresenta normalmente com febre de 38,5º/39º e um sentimento de cansaço e fraqueza extrema por parte da criança.

Atenção aos alimentos com cor vermelha

Estão nessa lista porque podem enganar os pais, é necessário se atentar a quais alimentos você deixou seu bebê ingerir. Itens como beterraba e tomate podem alterar a coloração natural das fezes, mas ainda assustam os adultos. Por isso, antes de começar a se apavorar, preste atenção nos detalhes e saiba se seu filho comeu ou não alimentos vermelhos.

Agora, aprenda como identificar melhor se seu pequeno está com algum sangramento. Continue lendo!

Como identificar o sangue nas fezes

Imagem de um varal com fraldas ecológicas

Apesar de parecer óbvio, nem sempre é tão simples identificar o cocô com sangue. Não necessariamente haverá uma grande mancha vermelha que indique esse fator. O que realmente acontece na maioria das vezes, e que mostrará que existe algo diferente ali, é que as fezes ficam bem mais escuras e com um odor mais forte. No site da Dipano, você encontra fraldas e absorventes nas cores branco ou bem claras, justamente para que os cuidadores possam observar alterações, tanto do xixi, como do cocô.

Isso acontece porque os bebês possuem uma alimentação baseada no leite materno quando são mais novos, por isso os resíduos que evacuam não são tão sólidos. Quando acontece um sangramento, seja por qualquer um dos motivos que falamos anteriormente, ele se mistura às fezes, escurecendo a coloração normal dela.

As manchas vermelhas com sangue concentrado e mais perceptíveis, ocorrem quando o cocô já está mais duro, seja pela mudança de alimentação ou por uma prisão de ventre. Nessa situação, indica que há uma fissura anal.

Quando procurar um médico para meu bebê?

Em casos de diarreia, principalmente se ela estiver acompanhada de febre ou cólica – observe se seu filho apresenta sinais de dor ou incômodo –, a medida correta é levá-lo com urgência ao pediatra. A preocupação aqui é que esses sintomas indicam algum tipo de infecção intestinal, sendo a única causa realmente grave de sangramentos desse tipo.

É claro que quando observamos sangue nas fezes do bebê o primeiro pensamento é procurar um médico, mas nem sempre é necessário tomar essa medida com tanta pressa. Nos casos que não envolvem a diarreia, a consulta a um especialista serve mais para um alívio dos pais, pois existem opções do que fazer em casa mesmo para controlar essa situação.

Mas preste atenção: essas recomendações de soluções caseiras são para casos em que o sangramento foi um evento pontual e controlado. Se perceber que é algo recorrente e que a criança está perdendo muito sangue, procure o pediatra mesmo que não seja um caso de disenteria.

O que fazer em casa para evitar o sangue nas fezes do bebê

Para evitar que isso ocorra, é necessário identificar o que causou esse problema e tratar esse ponto. Se for alergia ao leite de vaca, corte esse alimento da dieta tanto da mãe quanto da criança, pois a proteína é passada também pelo aleitamento materno.

Já as assaduras são tratáveis com pomadas específicas e com um cuidado redobrado na limpeza das regiões suscetíveis a elas. No caso de efeito colateral da Rotavirus, basta apenas observar se não está perdendo muito sangue e aguardar parar pois essa consequência acontece até, no máximo, 40 dias após a aplicação.

Se o fator que causou o sangramento foi o endurecimento das fezes que causa da prisão de ventre, a solução está na mudança da consistência dos alimentos. Deixe as papinhas mais líquidas e aposte em frutas com mais água para que o que precisa ser evacuado retorne a textura normal e não machuque a criança.

Esperamos que esse post tenha te tranquilizado e ensinado a como lidar ao se deparar com sangue nas fezes do bebê. A Dipano busca ajudar pais e mães ao trazer conteúdos de qualidade para cuidar dos pequenos. Vale a pena fazer a leitura do post sobre Tudo que você precisa saber sobre fraldas de pano e o cocô do seu bebê!

%d blogueiros gostam disto: