Como tratar e prevenir assadura de bebê | Dipano ensina!

Confira como prevenir e lidar com as assaduras na pele dos bebês

As assaduras e irritações são a fonte de grande preocupação para os pais dos pequenos. Quem acabou de receber o seu bebê nos braços sabe bem como é preocupante este incômodo, e muitos pais ficam em dúvida sobre como tratar essas assaduras.

Por este assunto ser tão presente no cotidiano das famílias, a gente preparou um texto bem completo, com o objetivo de te ajudar a entender como essas lesões se formam, as melhores formas de prevenção e também o tratamento. Continue conosco e acompanhe! Mas antes, vamos às principais causas.

Principais causas das dermatites infantis

Imagem de um bebê comendo uma fruta

Quando o assunto são as irritações na pele dos pequenos, é muito importante que o tratamento seja direcionado à prevenção, e para prevenir, é preciso entender o porquê delas acontecerem, até para podermos tratar da melhor forma.

Muitas pessoas pensam que se trata apenas de uma questão relacionada à higiene e limpeza da pele do bebê. No entanto, as causas vão além disso.

Fraldas sujas

Normalmente, permitir que o bebê fique muito tempo com a fralda suja é um dos principais motivos. Isso porque o xixi contém uma substância chamada amônia, que acaba irritando a pele.

Além disso, o contato com o cocô também destrói a barreira de proteção da pele dos pequenos, principalmente o cocô mais líquido. O resultado desta combinação é o surgimento das assaduras.

Alimentação

Nem sempre estamos lidando apenas com as fraldas sujas, porque a alimentação é um fator relevante nesse conjunto. Cada idade possui uma indicação adequada de alimentos que devem ser fornecidos ao seu filho.

Mesmo quando o alimento é exclusivamente leite materno, os alimentos consumidos pela nutriz vão afetar diretamente a produção do cocô. Então, o melhor a se fazer nesse caso, é seguir da forma mais assertiva possível a recomendação do pediatra e preferir alimentos menos ácidos, contribuindo para com as eliminações do seu bebê.

Medicamentos

Se você ( ou o bebê) precisa de antibióticos, isto pode causar diarreias e com elas, a assadura. A região acaba de ser higienizada e em seguida recebe mais umidade e a acidez do cocô, provoca inevitáveis assaduras.

Produtos de higiene

A gente já imagina que a pele dos pequenos é super delicada, não é mesmo? Então, seguindo essa linha, quanto menos substâncias forem utilizadas na fabricação dos produtos infantis, melhor para o bebê.

Isso vale também para a escolha dos lenços umedecidos, que são bastante utilizados para a higiene, mas que apresentam em sua composição componentes prejudiciais à pele dos pequenos. Em vez deles, prefira opções que não contenham produtos químicos e perfumes, como os nossos biolenços. Um simples algodão com água pode resolver a limpeza, sem agredir a pele do seu bebê. Se a pele estiver sensível, substitua a água por um chá de camomila, que acalma a pele e ajuda na recuperação

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria do Rio Grande do Sul (SBP), as dermatoses resultantes da composição das fraldas descartáveis (corantes + o pó químico que se transforma em gel com a umidade) e itens de higiene com perfumes e outros aditivos químicos, acometem cerca de 25% das crianças. Então, um problema possível de ser minimizado, é pensarmos nessa alternativa de fraldas reutilizáveis, e claro, que sejam devidamente trocadas e limpas.

Mas, afinal, como prevenir as assaduras?

A boa notícia para os papais e mamães é que todas essas questões que trouxemos até aqui têm ótimas alternativas, que são grandes aliadas na prevenção.

Se pensarmos na higiene do bebê, podemos considerar que a melhor maneira de realizar esta tarefa seria com lenços umedecidos e sabonetes neutros que estão livres de produtos que façam mal à pele do bebê, ou até mesmo utilizando uma água em temperatura morna e uma esponjinha ou tecido de malha de algodão.

Essa limpeza nos sugere que o tecido das fraldas, conforme dissemos, é muito importante, por não conter nenhum produto químico. Ah! E nada de demorar para trocar a fralda. Afinal, poucas coisas incomodam tanto o bebê quanto ficar suja por muito tempo, concorda?

Usando fraldas de pano, não é necessário o uso de pomadas preventivas para assaduras. Use-as somente se a pele apresentar alguma irritação. Isto pode ocorrer, no período da dentição, ao usar antibióticos ou na introdução alimentar. Se a assadura é recorrente, recomendamos investigação com o pediatra do seu bebê. Ela pode estar relacionada a alguma intolerância ou alergia alimentar.

Meu bebê está assado, e agora?

Se o seu bebê está assado, confira as seguintes recomendações:

  • Manter o local limpo e seco é uma medida essencial para ajudar na recuperação da pele.
  • Após a higiene, seque bem a região, polvilhe amido de milho ou polvilho e diminua o intervalo das trocas.
  • Deixar o bebê peladinho por um período ajuda bastante, além do banho de sol.
  • Você também pode fazer um sachê com aveia e colocar na água do banho do bebê e deixá-lo por algum tempo nesta água, fazendo um “banho de assento”.

Gostou? Com este texto, esperamos realmente te ajudar a lidar com as irritações e assaduras, que é um problema tão comum e incômodo para os bebês, através de uma boa higiene, substituição de fraldas mais adequadas, e visita regular ao pediatra do seu filho.

Aproveitamos para convidar você a acessar o nosso site e conferir uma variedade de fraldas reutilizáveis com estampas lindas para você usar no seu filho e ajudá-lo a reduzir os riscos das dermatites e assaduras, e de quebra, economizar os seus recursos e contribuir com o meio ambiente! Vale a pena conferir!

%d blogueiros gostam disto: